Até fazer? Palmeiras x Peñarol teve apenas 40 minutos de bola rolando

Foto: Reprodução

O Palmeiras venceu o Peñarol por 3 a 2 nesta quarta-feira (12), no Allianz Parque, com um gol aos 54 minutos do segundo tempo. Após a partida, muitos torcedores rivais e o técnico do time uruguaio, Leonardo Ramos, criticaram o tempo de acréscimo dado pelo árbitro Roddy Zambrano.

LEIA MAIS:
Por publicidade, Palmeiras não exibe lances no telão do Allianz na Libertadores
Criticado pela torcida, Fabiano participou dos três gols do Palmeiras

“Eu nunca vi um árbitro assim. Ele deu oito minutos de acréscimo, até o Palmeiras conseguir fazer o gol. Foi mal durante todo o jogo”, disse Ramos.

Apesar das reclamações, as estatísticas da partida mostram que os oito minutos de acréscimo, na verdade, não foram suficientes para recompensar todo o tempo de jogo que a bola ficou parada.

Dos 101 minutos de partida no Allianz Parque, contando os dois tempos mais acréscimos, o jogo teve apenas 40 minutos de bola rolando e nada menos que 61 minutos de bola parada. Só com faltas, foram 24 minutos de jogo perdido. As informações são do jornal “Hora Um”, da Rede Globo.

No lance que originou a expulsão do Dudu, foram mais de três minutos de jogo parado esperando que o árbitro autorizasse a cobrança da falta.

Vale lembrar que o árbitro havia dado cinco minutos de acréscimos, mas com a confusão causada pela expulsão do Dudu, acrescentou mais três minutos.

Alexandre Mattos, diretor de futebol do Palmeiras, não poupou críticas ao jogo do Peñarol. “Eles não querem jogar bola. Eles estão aqui para xingar, para fazer grupinho, para atacar os jogadores. O treinador deles falou de propósito o número errado da substituição para atrasar ainda mais o jogo. Eu nunca vi isso”, disparou.

“É por isso que eles tomaram o gol aos 54 e vão continuar tomando. Agora eles vão lá chorar em casa. Libertadores é isso. Precisa treinar para isso, não para ganhar jogo. Com algumas exceções, não podemos generalizar, porque no ano passado o Atlético Nacional jogou futebol, ganhou no campo”, completou.