VISÃO DO REPÓRTER:O JOGO DAS ESTRELAS DA NBB É GRANDE

Crédito: Reprodução/Facebook

Primeira vez no Ginásio do Ibirapuera, Jogo das Estrelas da NBB. Promessa de casa cheia e de festa, e assim foi. O evento surpreendeu em vários aspectos e mostrou o quanto o basquete pode ser ainda maior no Brasil.

LEIA MAIS:
O quanto falta para o Jogo das Estrelas chegar ao All Star Game?

Em entrevistas, jogadores citaram a importância do evento para divulgar mais o basquete e estimular que mais jovens pratiquem o esporte. E o que se viu nas arquibancadas foram pessoas animadas, com camisas de jogadores da NBB e entrega do início ao fim. É muito interessante ver como o “país do futebol” consegue também, ser fã de basquete, fazer festa para as maiores estrelas do país e vibrar cada minuto da festa, com brasileiros e estrangeiros.

O evento reflete, ainda, o nível de organização do basquete brasileiro neste que foi o principal evento da modalidade. Os espaços foram organizados e respeitados, a imprensa teve ótimas condições para produzir material e ter contato com atletas. Um problema técnico de conexão foi o único obstáculo enfrentado pelos jornalistas.

Quem foi com certeza viu mais que um domingo de jogo e competições. Foi possível perceber o crescimento do basquete no Brasil em termos de organização, importância e de envolvimento da torcida, com público recorde.



Jornalista formada em 2014, torcedora e apaixonada futebol, Fórmula 1 e esportes olímpicos. Sempre de olho nas últimas do mundo do esporte e louca por NBA.