Visão do Repórter: Jogo das Estrelas demonstra a evolução do NBB

Crédito da foto: Reprodução/Facebook oficial do NBB

Neste domingo (19), o Jogo das Estrelas movimentou o Ginásio do Ibirapuera e demonstrou que o basquete brasileiro está em uma evolução fantástica. Vem sendo realizado um grande trabalho entre os clubes, com a criação da Liga Nacional de Basquete, que tem como o seu objetivo promover o NBB (Novo Basquete Brasil).

A organização do evento foi muito boa. A imprensa teve fácil acesso a tudo que estava acontecendo, as entrevistas na zona mista, a todas as competições. Além de cada veículo ter o seu lugar reservado em uma mesa na frente da quadra. Uma ótima posição para acompanhar tudo.

LEIA MAIS:
NBB: SAIBA COMO FORAM AS PRIMEIRAS COMPETIÇÕES DO JOGO DAS ESTRELAS
AINDA SEM DURANT, WARRIORS CONTA COM NOITE BRILHANTE DE CURRY E BATE BUCKS

Também foi muito legal observar o quanto o público está voltando a acompanhar basquete. O ginásio estava lotado, com todos os ingressos vendidos de forma antecipada. O evento também foi transmitido de forma nacional e teve a participação de muitas celebridades, como Raí e Fabiana Murer.

Mais um destaque foi o show da banda Jota Quest, no intervalo do Jogo das Estrelas, algo inédito no espetáculo.

As novas parcerias firmadas fazem a gente crer em uma evolução do basquete brasileiro e dá para acreditar que isso vai ajudar a consolidar esse esporte no cenário nacional.

Só há um ponto negativo que merece ser destacado e que não pode se repetir nos jogos e eventos do NBB, o fato de que por cerca de 30 minutos, pelo menos parte da imprensa acabou ficando sem energia para carregar os aparelhos necessários para trabalhar e também todos ficaram por esse período sem internet. Mas após serem acionados, a equipe da manutenção trabalhou e conseguiu arrumar tudo para os profissionais poderem trabalhar tranquilamente.