Prass se diverte ao lembrar de gol perdido por Deivid em Vasco x Flamengo

Reprodução/Youtube

Na entrevista coletiva, Fernando Prass precisou responder muitas perguntas a respeito do gol perdido por Vitor Bueno no clássico contra o Santos. Quando o jogo estava 0 a 0, o meia do Peixe perdeu chance sem goleiro, situação que não é inédita na carreira do goleiro do Palmeiras. Em 2015, quem não se lembra do atacante Nilson e outra oportunidade sem ninguém à sua frente?

LEIA TAMBÉM:
Prass revela pensamento “catastrófico” em lance claro de Vitor Bueno; assista

Prass também se recordou do famoso episódio de Deivid no clássico entre Vasco e Flamengo, no Engenhão, em 2012. Pela semifinal da Taça Guanabara, o goleiro ainda defendia o Cruz-Maltino e precisou secar bastante para que o então camisa 9 do Rubro-Negro não marcasse com a meta escancarada.

Após cruzamento de Léo Moura, hoje no Grêmio, Deivid ficou com o gol aberto à sua frente e conseguiu acertar a trave. Ao recordar do lance nesta segunda-feira, Prass admitiu que nem viu o lance, pois estava reclamando de impedimento com o assistente.

“Esse lance do Vasco foi um dos mais engraçados. O Léo Moura veio pelo fundo, cruzou, a bola passou por mim. Eu virei e vi o Deivid levantando a perna para chutar para o gol. Eu virei para o assistente para reclamar impedimento e quando voltei o Dedé (zagueiro hoje no Cruzeiro) estava saindo com a bola. Eu perguntei para o Fagner (lateral hoje no Corinthians) o que houve, ele falou que não tinha sido gol. Eu falei: ‘Como não?’. Eu não tinha visto o resto do lance”, contou Prass.

Reveja o lance inacreditável de Deivid: 



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.