Prass revela pensamento “catastrófico” em lance de Vitor Bueno; assista

Reprodução/TV Globo

Se em 2015 Fernando Prass precisou contar com a sorte para evitar gol de Nilson na final da Copa do Brasil contra o Santos, no último domingo pode-se dizer que o goleiro do Palmeiras repetiu a dose. No clássico também realizado na Vila Belmiro, mas pelo Campeonato Paulista, o camisa 1 só pôde rezar em lance no primeiro tempo, quando Vitor Bueno teve a meta aberta para só empurrar a bola para as redes.

LEIA TAMBÉM:
Prass fechou o gol no clássico até quando o lance estava parado; veja defesas
Palmeiras vence clássico e Santos vira piada nas redes sociais; veja memes

Felipe Melo responde provocação da torcida do Santos COM DANCINHA e PALAVRÕES; assista

Após cruzamento de Bruno Henrique, a bola resvalou no zagueiro Mina e “matou” Prass no lance. A pelota sobrou inteira para o camisa 7 só tocar para o fundo do gol, mas acabou furando feio. Reveja aqui!

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira, na Academia de Futebol, Prass comentou sobre o lance. Questionado o que teria pensado quando viu Vitor com a bola e livre para marcar, o camisa 1 admitiu que temeu o pior.

“O que passou pela minha cabeça? Na hora não passa nada. Deu m… é a sensação que vai sofrer o gol, mas as coisas dão certo. Tem de ter sorte também”, brincou o goleiro, arrancando risos dos jornalistas.

Assista (a partir de 14′ 30″):



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.