Federer mantém escrita, derrota freguês Wawrinka e é penta em Indian Wells

Getty Images

Roger Federer parece comprovar a fórmula do vinho a cada dia no tênis, “quanto mais velho, melhor”. Neste domingo, o suíço, aos 35 anos, conquistou o pentacampeonato do Masters 1.000 de Indian Wells, nos EUA, ao derrotar o compatriota Stan Wawrinka por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5. Esta foi a 20ª vitória do hoje 10º do ranking diante do terceiro colocado do ranking mundial, que venceu apenas três vezes no retrospecto direto pelo circuito.

LEIA TAMBÉM:
Torneio de Indian Wells ficou mais de 10 anos sem irmãs Williams por caso de racismo

QUE MÁGICA! Bruno Soares faz jogada do torneio em Indian Wells; assista

A série nas quadras rápidas ainda é impressionante. Federer ganhou os 14 jogos disputados no piso contra Wawrinka, incluindo três em Indian Wells. A única vez que perdeu para Stan em uma final ocorreu em 2014, no Masters de Monte Carlo, disputado em quadras de saibro.

Com o troféu – o segundo na temporada, após o 18º Grand Slam, no Aberto da Austrália -, Federer subirá do 10º lugar para a sétima posição no ranking, podendo ocupar o lugar do espanhol Rafael Nadal, número 6 da ATP. Vale lembrar que o suíço começou a temporada como o número 17 da lista da entidade após ficar seis meses longe do circuito por operação no joelho.

A vitória em Indian Wells (também tinha sido campeão em 2004, 2005, 2006 e 2012) significou o título de número 90 de Federer em sua brilhante carreira, sendo o 25º caneco de Masters 1.000. Ele é o homem mais velho a conquistar um torneio da série desde André Agassi, que ganhou, com 34 anos, em Cincinnati, em 2014.

Veja os melhores lances da final!



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.