Dirigente do Vasco não descarta reforços e fala sobre jogadores que não renderam

Foto: Reprodução

O Vasco trouxe até o momento oito reforços para a temporada e pode trazer novos jogadores em breve, de acordo com o superintendente de futebol, Isaias Tinoco, que concedeu entrevista exclusiva ao Torcedores.com.

“Um clube igual ao Vasco nunca está fechado a reforços, está sempre aberto, onde aparecer um jogador que possa ajudar, está sempre aberta a contratação”, disse o dirigente.

VEJA MAIS:
Isaias Tinoco vê a base como único caminho palpável para o Vasco voltar a ser protagonista 
Saiba por que o Vasco contratou o técnico Milton Mendes 

Para esta temporada, a diretoria reforçou o elenco com as contratações do lateral-direito Gilberto, ex-Fiorentina, o volante Jean, ex-Corinthians, os meias Wagner, ex-Tianjin Teda-CHN, Escudero, ex-Vitória e os atacantes Luis Fabiano, ex-Tianjin Quanjian-CHN, Muriqui, ex-Tokyo-JAP, Manga Escobar, ex-Millonarios-COL. Todos já entraram em campo pelo menos uma vez.

Isaias explicou por que os atacantes Júnior Dutra e Éderson, que chegaram ao Vasco no início do segundo semestre de 2017, não conseguiram render. Vale lembrar que o primeiro rescindiu o contrato em janeiro para defender o Avaí.

“Momento não era mais propício, o Vasco estava oscilando depois de um primeiro semestre excelente e esses jogadores chegaram no momento da turbulência e aí evidentemente tem gente que se adapta e gente que não consegue se adaptar”, afirmou Tinoco, lembrando que o Vasco passou por um momento ruim na fase final da série B do Campeonato Brasileiro, ficou vários jogos sem vencer e só garantiu o retorno à elite na última rodada após vitória contra o Ceará, no Maracanã.

O atacante Ederson permanece no Vasco e tem frequentando o banco de reservas nesta temporada. Ele disputou os minutos finais do clássico contra o Botafogo, no último domingo, no estádio Nilton Santos. Com a camisa cruzmaltina, o atleta, que se destacou no Atlético-PR, disputou apenas 27 jogos e marcou oito gols, todos em 2016.

 



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)