Decisão do TAS sobre ‘caso Victor Ramos’ deve sair em abril

Divulgação/Site Oficial do EC Vitória

O dia 4 de abril não será apenas a data do aniversário de 108 anos do Internacional. Também será a última chance colorada de ainda disputar o Campeonato Brasileiro da Série A de 2017, quando o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) se reunirá para dar a palavra final no ‘caso Victor Ramos’, que envolveu uma possível inscrição irregular do zagueiro pelo Vitória na competição.

De acordo com o Globoesporte,com, a data do julgamento foi antecipada a pedido do próprio Inter para que a decisão sobre o caso seja feita antes do começo do Campeonato Brasileiro, dia 13 de maio, e assim conhecer se terá que disputar a Série A ou B nesta temporada.

LEIA MAIS

D’ALE SE DIZ EM CASA NO INTER E CONTA O QUE PENSA EM FAZER QUANDO PARAR DE JOGAR

GABRIEL JESUS TIETA PIRLO EM EVENTO NOS EUA: “SIMPLESMENTE MAESTRO”

ESTRELAS DO VÔLEI BRASILEIRO DIVULGAM NOTA CONTRA RANKING DA CBV

O ‘caso Victor Ramos’ dominou o noticiário ao final do Brasileirão do último ano, com o Inter alegando que o jogador foi inscrito de forma irregular pelo Vitória na disputa do campeonato, devido ao fato da transferência do jogador do Monterrey (MEX) não ter cumprido normas impostas pela Fifa.

O Inter acabou rebaixado para a Série B e o Vitória permanecendo na primeira divisão nacional. Mesmo com uma polêmica referente a uma troca de mensagens entre o clube baiano e Reynaldo Buzzoni, diretor de registros da CBF, que a entidade alega ter sido adulterada e o Inter não (inclusive com um documento apresentando as mensagens do clube e de Buzzoni comprovando a autenticidade das mesmas), o caso acabou arquivado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

O Inter entrou em janeiro deste ano no TAS para tentar reabrir o caso e ainda sonhar com a chance de reverter o rebaixamento, além de enfrentar uma ação no STJD por adulteração de documentos, em relação as mensagens que teriam sido adulteradas.

(Crédito da foto: Divulgação/Site Oficial do EC Vitória)