Pablo dá a receita para o Corinthians bater o Osasco Audax antes do dérbi

Pablo
Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Autor do gol solitário na vitória do Corinthians (1 a 0) sobre o Novorizontino, na última quarta-feira, em Itaquera, o zagueiro Pablo concedeu entrevista coletiva no dia seguinte e projetou o jogo deste sábado, contra o Osasco Audax, no José Liberatti. O jogador mostrou preocupação com o time adversário e pediu o Timão ligado nos 90 minutos antes do clássico da próxima quarta, contra o Palmeiras, em casa.

“Sabemos como o Audax joga, é uma equipe qualificada, que trabalha muito a bola. Temos de entrar muito conscientes nisso, neutralizar o que eles sabem fazer, o toque de bola. Fazendo um jogo bem concentrado contra o Audax, entramos mais fortes contra o Palmeiras. Temos de fazer isso para ganhar ainda mais força no campeonato”, declarou Pablo, um dos oito reforços corintianos nesta temporada.

VEJA MAIS:
Rodriguinho se diz chateado com público ruim na Arena e faz pedido ao torcedor 
Fagner elogia atuação do Corinthians em vitória, mas reconhece que time precisa evoluir 

O beque vê como normal o clima de revanche contra o Audax. Vale lembrar que o time da Grande São Paulo eliminou nos pênaltis o Corinthians na semifinal do Paulistão 2016, após empate por 2 a 2 no tempo normal, na Arena.

“Revanche no futebol sempre tem, porque perdemos deles no ano passado e agora temos a oportunidade de jogar com eles de novo. Agora temos a chance de vencer de novo”, comentou.

O zagueiro está ciente da pressão que o time terá nas próximas semanas quando o alvinegro terá clássicos contra Palmeiras (22/02) e Santos (5/03), ambos em casa. Vale lembrar que em 2016, o Timão conseguiu vencer apenas dois jogos contra rivais do estado: São Paulo, ainda na fase de grupos do Paulistão, e Santos no primeiro turno do Brasileirão.

“A pressão no Corinthians sempre vai ter, no começo ou na décima rodada. Jogar no Corinthians será sempre pressão, sabemos da responsabilidade. Quanto mais jogos, essa concentração e entrosamento serão melhores. Temos que melhorar, mas não está tudo errado. Vamos dar continuidade e melhorar ainda mais”, falou.

O Timão é o vice-líder do grupo A do Paulistão, com seis pontos ganhos, e busca contra o Audax a terceira vitória na competição.



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)