Vasco vence o Botafogo-SP nos pênaltis e se classifica na Copa São Paulo

vasco copinha
Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

O Vasco venceu o Botafogo- SP e garantiu sua classificação para a terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2017. Melhor na partida durante o primeiro tempo, o Vasco abriu o placar antes do intervalo, mas caiu de produção na segunda etapa e sofreu o empate. Nos pênaltis, vitória cruz-maltina por 4×2.

Na próxima fase, o Vasco vai enfrentar o vencedor do duelo entre São Carlos e Independente (SP), que acontece às 19h desta terça-feira, na cidade de São Carlos.

LEIA MAIS:

PALMEIRAS X SPORT: SAIBA O QUE ESTÁ EM JOGO PELA COPA SÃO PAULO

ATLÉTICO-MG PERDE PARA O BOTAFOGO E ESTÁ FORA DA COPA SÃO PAULO

Depois de um início de jogo nervoso, com as duas equipes se alternado na posse de bola, o Vasco melhorou e teve a primeira chance de gol do confronto aos 14 minutos. Após bonita jogada de Robinho, com direito a caneta no adversário, Dudu bateu forte e o goleiro Talles fez grande defesa com o peito.

Aos 21’, o Botafogo tentou com Guilherme que, de fora da área, obrigou João Pedro a defender em dois tempos. Aos 26’, Dudu voltou a ter boa chance para o Vasco, mas não pegou bem na bola e acabou isolando.

Em contra-ataque, aos 33 minutos, Robinho tabelou com Paulo Vitor e invadiu a área, mas finalizou fraco, facilitando para Talles.

Aos 35’, foi a vez de João Pedro trabalhar. Depois de erro da defesa, Wendel ficou cara a cara com o goleiro e capitão vascaíno, que salvou sua equipe.

Aos 37’, em mais um contra-ataque cruz-maltino, Paulo Vitor invadiu a área e foi puxado pelo lateral esquerdo Geisandro. Pênalti. O próprio camisa 9 bateu e marcou 1×0 para o Vasco.

Amplamente superior durante toda a primeira etapa, a equipe quase chegou ao segundo gol aos 42’ em cabeceada de Felype Hebert para fora.

Com o resultado na mão e sem sofrer riscos, o Vasco tentou administrar o resultado, mas, mesmo assim conseguiu ser mais perigoso no início da segunda etapa.

Aos 13 minutos, Hugo Borges finalizou colocado, de fora da área, obrigou o goleiro da equipe paulista a se esticar para espalmar para fora.

Após os 20 minutos, o Botafogo- SP melhorou na partida e passou a se aproveitar de algumas falhas defensivas do Vasco para melhorar e buscar o gol de empate. Aos 28’, depois de cobrança de escanteio, o volante Murilo ganhou no alto da zaga vascaína e deixou tudo igual no placar.

Em busca do gol da classificação, o Vasco apertou na marcação e quase contou com um vacilo de Talles aos 48′, mas o goleiro botafoguense se livrou bem de Paulo Victor e afastou o perigo. Com o 1×1, a decisão da vaga foi para os pênaltis.

Nas cobranças alternadas, vitória vascaína por 4×2. Para o Vasco, Hugo Borges, João Vitor, Linnick e Arthur fizeram e garantiram a vitória. Já para o Botafogo, Lucas Leal e Heitor fizeram, mas Guilherme Teixeira (no travessão) e Hércules (defesa de João Pedro) desperdiçaram suas cobranças.

Ficha técnica:

Local: Comendador Agostinho Prada – Limeira

Árbitro: Rodrigo Gomes Paes Domingues

Assistentes: Marlon Spinola e Robson Ferreira Oliveira

Vasco: João Pedro; Gabriel Buriche, Athyla, Arthur e Elias (Alexandre); Rafael França, João Vitor, Robinho (Linnick), Dudu (Hugo Borges) e Felype Hebert (Patrick); Paulo Vitor

Botafogo-SP: Talles; Gabriel Luiz, Guilherme (Hércules), Júlio Vaz e Geisandro (Geisandro); Murilo (Heitor), Lucas Leal, Brendon (Bruno) e Rodrigo Santos (Léo Gregório); Guilherme Teixeira e Wendel