Sissoko elogia Corinthians, mas desconhece interesse: “Não sei nada”

Foto: Reprodução/Instagram

Mohamed Sissoko revela não ter conhecimento da história que teria sido oferecido ao Corinthians. Porém, o meio-campista se animou com a oportunidade de atuar no Brasil e deixa em aberto o futuro de sua carreira.

A especulação surgiu após notícia veiculada pelo UOL Esporte destacando que um empresário com uma procuração do volante teria procurado o Timão. O possível reforço criou grande expectativa na torcida alvinegra nas redes sociais. Inclusive, alguns corintianos invadiram o perfil do atleta no Instagram para pedir a vinda ao clube.

LEIA MAIS
“ELE QUER JOGAR NO CORINTHIANS. ESTÁ ANSIOSO”, REVELA AGENTE DE ÁLVARO PEREIRA
NEGOCIAÇÃO COM ATLÉTICO-MG TRAVA, E MARLONE DEVE FICAR NO CORINTHIANS
PROCURADO PELO CORINTHIANS, ERNANDO AVISA QUE QUER AJUDAR O INTER A VOLTAR A SÉRIE A

Porém, Sissoko afirmou, em entrevista ao Globoesporte.com, não ter tido contato algum com nenhum dirigente do Corinthians.

– Eu não sei nada sobre interesse do Corinthians, mas é um time muito grande, muito importante no Brasil, que tem muitos torcedores. O Brasil é muito impressionante pelo futebol, mas as pessoas não sabem muito da liga local daí, mas é uma liga importante, igual a Copa Libertadores. Fiz amizade com alguns brasileiros, como Lucas, Amauri e Fábio Aurélio, o que mais me aproximei. São pessoas boas. Seria legal jogar no Brasil – afirmou Sissoko.

Curtindo férias com a família na França, o volante, com passagens por Liverpool, Juventus e PSG e que também atua como terceiro zagueiro ou meia-direita, contou que está mantendo a forma física para chegar “voando” em seu próximo clube. Na última temporada, ele jogou no FC Pune City, da Índia, e marcou dois gols em 13 partidas .

– Não estou focado no meu futuro clube. Estou em Paris com a minha família, treinando todos os dias. Estou trabalhando bastante. Talvez eu jogue no Brasil, na Europa, na Inglaterra… Não sei ainda – disse Sissoko.



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.