Santistas citam calendário e gramado como principais dificuldades na Copinha

Santos
Foto: Reprodução/ Flickr oficial do Santos FC

O Santos bateu o Flamengo – SP pelo placar de 1×0 na tarde dessa quarta-feira em Barueri, em partida válida pela segunda fase da Copinha. O Peixe dominou a primeira etapa e fez o gol aos 41 minutos com o zagueiro Renan Montanha, de cabeça, após cobrança de escanteio.

O Peixe voltou para a segunda etapa e tomou vários sustos. Em contra-ataques, o Santos chegava, porém pecava nas finalizações. No fim, o alvinegro se segurou, e o resultado classificou o time da Vila para a próxima fase do torneio, onde terá o Avaí (SC) como adversário.

Personagem fundamental do Peixe na partida, o goleiro Fernando Castro, ou ”boca”, como é chamado pelos companheiros, salvou o time da Vila em pelo menos três lances difíceis. Após a partida, o arqueiro falou com o Torcedores.com e explicou o motivo do Santos estar passando por tantas dificuldades nessa edição da Copa São Paulo:

”É a Taça São Paulo, pega um final de temporada nosso, a gente vem de um começo de ano muito pegado, chega no final de ano estamos muito cansados. Jogo atrás de jogo, muito campeonato, e vai pesando a perna. Infelizmente perdemos muitos gols, mas é o que eu falo em todas as entrevistas: é um time novo, um time que está evoluindo jogo a jogo, e se Deus quiser a gente vai assim, ganhando na vontade, na raça, é um a zero até a final.”

Já o meia ”Ton Ton” apontou a altura do gramado da Arena Barueri como um dos fatores que influenciaram no mal desempenho do Peixe até aqui. Porém, o jogador de 18 anos reconhece que o time tem errado em excesso nas finalizações durante as partidas dessa edição da Copinha:

”O gramado ta alto, a gente não está acostumado com o gramado alto, treinamos no sintético, mas isso não é desculpa, precisamos trabalhar mais essas finalizações para fazermos um bom resultado no próximo jogo e não errar esse tanto de gols que erramos.”

”Ton Ton” não fez uma boa partida, pecou em domínios de bola e em passes curtos. Em alguns momentos a torcida presente em Barueri criticou bastante a atuação da jovem promessa. Questionado sobre a forma que lida com as críticas da torcida, o jogador, que veio do Primavera (SP), deu a seguinte resposta:

”Crítica é sempre bem vinda, e eu pego como elogio para sempre tentar melhorar. Todo mundo já criticou Pelé, Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo, não vai poder me criticar? Eu sou humano, eu também erro e sei que eles não fazem por mal porque são torcedores.”

O Peixe está na terceira fase da Copa São Paulo de 2017, a próxima partida será contra o Avaí. A Federação Paulista ainda definirá dia e horário. O mais provável é que esse jogo ocorra na próxima Sexta-Feira. A partida será realizada em Barueri.



Tenho 19 anos e moro em São Paulo. Gosto do futebol bem jogado e também gosto de automobilismo. Jornalismo é um sonho e Faculdade ainda vou fazer. Valeu!