Cotado para voltar, Rosenberg diz que Andrade recusou ‘nova diretoria’ de Andrés

Rosenberg
Foto: Reprodução/TV Carta

As recentes notícias que circularam no Parque São Jorge era de que Andrés Sanchez e Luis Paulo Rosenberg, que tiveram gestão de sucesso no Corinthians entre 2007 e 2011, poderiam retornar ao clube para ajudar Roberto Andrade. Porém a proposta feita pelo ex-presidente do Timão não foi aceita pelo atual mandatário.

Em entrevista à Rádio Bradesco FM, o ex-vice de marketing do Corinthians, Rosenberg, confirmou que uma ‘nova diretoria’ poderia ser feita, mas que Roberto de Andrade não quis dar seguimento à ideia.

“É um momento para a gente se unir. Lamentavelmente essa tentativa do Andrés não fortificou. O que ele tentou fazer foi, em função da gravidade da crise, e da dificuldade de se gerar recursos, foi montar para o Roberto uma diretoria com pessoas que mais se destacaram na história recente do Corinthians. O Andrés esboçou uma solução que dependia exclusivamente do Roberto, mas ele achou desnecessário esse esforço”, explicou.

Rosenberg ainda afirmou que voltaria ao Corinthians, mas desde que pessoas de sua confiança estivessem juntos.

“Sem dúvida eu voltaria. Mas se eu sou o diretor de marketing indo diretamente para o governo, eu não consigo fazer nada. Agora, se eu estou do lado do Raul Corrêa da Silva (ex-diretor de finanças), o Andrés (conselheiro e ex-presidente) cuidando do futebol, e não um aposentado, alguém no departamento jurídico com estatura para o time ser respeitado quando comparece ao tribunal… Eu garanto que a crise deste ano do Corinthians é muito menor que a de 2007, quando nós assumimos”, declarou Rosenberg, afastado do clube desde 2012.

“O Roberto vai continuar com as escolhas dele. Ele tem todo o direito de fazer isso. Ele é o presidente do Corinthians. Eu estou afastado desde que eu desci do avião de Tóquio (depois do Mundial de Clubes de 2012), eu nunca mais pisei no Parque São Jorge porque ou você está fazendo acontecer ou deixa quem está lá dentro trabalhar. O que eu faço é torcer para que o Roberto encontre um caminho”, completou.

Luis Paulo Rosenberg foi uma das peças importantes do marketing do Corinthians, principalmente durante a passagem de Ronaldo ‘Fenômeno’ entre 2009 e o início de 2011, onde conseguiu ajudar o clube a ser uma das marcas mais ricas do Brasil e do mundo.



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.