Esse palmeirense tem uma boa desculpa para a Crefisa ajudar a contratar o Borja

Palmeiras
Arte: Matheus Martins Fontes/Torcedores.com

Um dos nomes mais desejados pela torcida do Palmeiras neste mercado da bola é o do atacante Miguel Borja, destaque do Atlético Nacional, mas a negociação não é das mais fáceis, já que o clube colombiano pede mais de R$ 50 milhões pelo jogador, um valor completamente fora dos padrões do futebol brasileiro. Mas os palmeirenses tem motivos para continuar acreditando na contratação: a Crefisa.

A patrocinadora do clube, que investe mais de R$ 60 milhões em patrocínios e ajudou nas contratações de alguns jogadores, como Lucas Barrios, seria a principal fonte de esperança da torcida do Palmeiras. Com o contrato de patrocínio encerrando no final de janeiro, as partes precisam conversas para acertar – ou não – a renovação do vínculo.

LEIA MAIS:
Lucas Pratto no Palmeiras: 5 coisas que facilitariam a negociação
Afinal, de onde o Palmeiras tira ‘tanto’ dinheiro para contratações?
Borja no Palmeiras: entenda porque a negociação é difícil, mas não impossível

O Torcedores.com apurou que essa renovação está encaminha, e o Palmeiras deve receber cerca de R$ 80 milhões pelo novo contrato, que seria anunciado até o final deste mês. Mas ainda sim, não existe garantias de que a empresa vai ajudar em contratações, até porque o Palmeiras quer fechar o elenco o mais rápido possível.

Mas a torcida do Palmeiras é insistente e “não desiste nunca”. Esse torcedor, por exemplo, o Erico, enviou uma mensagem para a patrocinadora através do Facebook ‘explicando’ como ajudar na contratação do Borja seria bom para a empresa; confira:

Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

Apesar dos esforços e da esperança dos palmeirenses, Alexandre Mattos tratou de acalmar o seu torcedor e jogar um balde de água fria nas negociações.

“Sobre esses jogadores, quero dizer ao nosso torcedor para não criar expectativa. No Brasil, é impossível chegar nos valores que estão sendo falados. O Palmeiras nunca negociou com o Atlético-MG ou Atlético Nacional”, afirmou Mattos em entrevista à Fox Sports nesta terça-feira (10).