Equatoriano se apaixonou pelo Corinthians e agora quer criar torcida do Timão em seu país

Corinthians
Foto: Arquivo pessoal

Que o Corinthians tem admiradores em todo o mundo, isso ninguém ousa a duvidar, certo? E um dos torcedores que entram nesse perfil é o equatoriano Gerardo Chichande, torcedor do Emelec – clube de seu país – e apaixonado pelo Timão, clube que conheceu graças a sua namorada brasileira, Célia.

Torcedor corinthians
Foto: Arquivo pessoal – Gerardo e Célia em visita à Arena Corinthians

Gerardo é torcedor fanático do Emelec, um dos clubes no qual o Corinthians enfrentou na vitoriosa campanha da Libertadores de 2012. Mas a paixão do equatoriano com o Timão aconteceu apenas quase três anos mais tarde por meio de sua namorada Célia.

“Eu gosto de futebol, mas quando eu estava conhecendo ela perguntei se ela gostava de futebol também. E ela falou que sim, que é torcedora do Timão, do Corinthians. Então foi quando despertou em mim querer conhecer mais o Timão”, explicou Gerardo em entrevista ao Torcedores.com. Ele também foi direto quando perguntado o que mais chamou atenção neste curto período de admiração pelo Alvinegro.

“Lembro de um jogo onde o Corinthians ganhou de 6 a 1. Acredito que foi em cima do São Paulo, não lembro em que ano foi”, relembrando a goleada sobre o rival no Brasileirão de 2015. “A torcida é muito legal também. Quando eu posso, olho as imagens com Arena sempre cheia, os torcedores cantando. Olhar esse estádio é muito lindo, a verdade é que eu sempre sonhei vim para São Paulo algum dia e ver com meus próprios olhos a Arena de perto”, contou.

Recentemente, Gerardo realizou seu desejo e visitou a Arena Corinthians. O fã do clube do Parque São Jorge publicou seus registros em seu Twitter, e foi o suficiente para ganhar seguidores e ainda ter um bom engajamento com a postagem. Por coincidência, pela própria publicação, conheceu um outro equatoriano fã do Timão e na hora veio uma ideia em sua mente: criar uma torcida do Corinthians no Equador.

torcedor corinthians
Postagem de Gerardo em sua rede social

“Eu fiz uma publicação no Twitter e aí uma pessoa também do Equador comentou que apoia minha ideia de criar uma torcida do Timão no Equador. Ele falou que tem muita gente que gosta do Corinthians. A verdade é que eu não sabia disso, mas vou procurar falar com ele. Minha ideia é de criar a torcida Fiel no Equador”, contou. “Como você sabe, as redes sociais têm muita força e com uma publicação se pode fazer muitas coisas, vou fazer uso dessa força e procurar pessoas que gostem do Timão”, completou.

Essa foi sua primeira viagem ao Brasil e também de avião. Gerardo veio ao país para ver sua namorada Célia, amada que conheceu por meio das redes sociais. Após passar um período em São Paulo, o torcedor do Emelec voltará ao Equador, mas ainda pretende retornar para assistir um jogo na Arena Corinthians.

“Eu tenho que voltar ao Equador neste fim de semana. Tenho minhas responsabilidades profissionais. Eu preciso voltar, mas espero, com a benção de Deus, voltar ao Brasil novamente este ano. Quando? Eu ainda não sei”, explica o advogado de 39 anos. “A verdade é o que eu mais eu gostaria é de assistir um jogo na Arena. Não só um, mas sim vários”, completa o corintiano, que também prometeu estudar a língua portuguesa e pretende viver no Brasil a partir de 2018 junto com Célia.

Em seu país natal são raros os jogos que passam do futebol brasileiro. Os noticiários do esporte no Brasil que saem na TV são mais um resumo, então Gerardo lamenta não poder ver as partidas do Corinthians e acompanhar apenas pela internet.

“Vou falar a verdade! No Equador só chega informação em resumo. Os programas esportivos só apresentam os resultados, nada mais. As TV’s por assinatura não fazem mais transmissão do Brasileirão, então só fica a internet”, afirma. “Mas já tinha ouvido falar do Corinthians. Mas agora pela minha namorada estou conhecendo mais o Timão”, exalta.

Desde que conheceu o Corinthians, Gerardo guardou um nome em especial. Ao falar sobre um personagem marcante que se recorda, o equatoriano não pensou duas vezes. “Me lembro de Paolo Guerrero, o peruano”, respondeu, onde também mostrou conhecimento sobre os novos reforços da equipe de Fábio Carille.

imagem
Foto: Arquivo pessoal

“Acho que agora nesta temporada vai jogar Jô, estou ouvindo falar de Kazim… Espero que nesta temporada fiquemos campeão, coisa que não foi possível no ano 2016, depois que o timão ficou sempre nas primeiras posições”, disse esperançoso.

Questionado se Tite não entraria em sua lista de personagens que mais gostava, Gerardo brincou que o técnico estreou vencendo o Equador, nas Eliminatórias da Copa do Mundo.

“Tite, o treinador da seleção? É verdade! Muito legal, lembro que já ele ganhou com o Brasil da minha seleção, na cidade de Quito por 3×0 (risos)“, disse, ao relembrar (ou não) que o técnico foi campeão brasileiro com o Corinthians. “Treinador muito legal, foi ele quem fez o Timão campeão em 2015, não? (risos). Desculpa foi sim”, finalizou dando risadas.



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.