Em texto emotivo, Ronaldinho manda carta para si mesmo quando jovem

ronaldinho gaúcho
Créditos da foto: Reprodução / Facebook oficial do Ronaldinho Gaúcho

Através de sua mídia social, o jogador Ronaldinho Gaúcho compartilhou uma carta que fez direcionada ao seu passado, para o site “The Player’s Tribune”. Emotivo, lembrou da morte do pai, de seu relacionamento com a mãe e de sua carreira no futebol.

O jogador Ronaldinho Gaúcho utilizou suas plataformas online para mandar uma mensagem para si mesmo, quando mais jovem. Em um espaço disponibilizado pelo site “The Player’s Tribune”, o craque fez uma espécie de retrospectiva de sua vida em forma de texto e imagens.

LEIA MAIS:
ATLÉTICO-MG ACERTA COM ROGER BERNARDO E FAZ PROPOSTA POR JOGADOR DO INTER
AUBAMEYANG QUER REAL MADRID, MAS ZIDANE DESCARTA O JOGADOR
GÖTZE ELOGIA TUCHEL E FALA COMO PREFERE JOGAR

Em suas palavras, Gaúcho falou sobre sua família, deu destaque para seu pai, mãe e irmão, lembrou do começo da carreira e comentou do “orgulho” que tem em jogar futebol. Confira trechos da carta:

“[…] Caro Ronaldinho de 8 anos de idade […]

[…] O papai foi um super-herói. Ele gostava tanto de futebol que, mesmo depois de trabalhar durante a semana, ele ainda trabalharia na segurança do estádio do Grêmio nos finais de semana. Como é que você jamais o encontraria novamente? Você não entenderá o que seu irmão Roberto está contando para você. […]

Créditos da foto: Reprodução / Facebook oficial do Ronaldinho Gaúcho
Créditos da foto: Reprodução / Facebook oficial do Ronaldinho Gaúcho

[…] Quando você tem uma bola de futebol aos seus pés, você está livre. Você está feliz. É quase como se você estivesse ouvindo música. É aquela sensação que faz você querer espalhar alegria para os outros. […]

[…] Mas quando você completar 18 anos, você vai conseguir algo que faria seu pai ficar muito orgulhoso. Você fará sua estreia pela equipe principal do Grêmio. A única parte triste é que Roberto não estará lá. Uma lesão no joelho vai abreviar o tempo dele no Grêmio e ele vai para a Suíça para jogar. Você não vai conseguir compartilhar o campo com seu herói, mas você passou tantos anos assistindo Roberto que você saberá o que fazer e como agir. […] 

[…] O seu sonho vai além do Gremio. Em 2001, você vai assinar com o Paris St.-Germain. Como posso dizer a uma criança que nasceu uma casa de madeira em uma comunidade como será a vida na Europa? É impossível. Você não vai entender, mesmo que eu te diga. […]

[…] No Barcelona, você vai ouvir a respeito de um jovem jogador na equipe de base do clube. Ele usa o número 10 como você. Ele é pequeno como você. Ele brinca com a bola como você. O garoto é diferente. Seu nome é Leo Messi. […]

[…] Mesmo depois de você ter ido embora, o estilo jogo bonito vai existir no Barcelona através de Lionel Messi. […]

[…] Jogar pelo Brasil vai mudar a sua vida. De repente, portas que você sequer sabia que estavam disponíveis para você vão começar a se abrir. […]

[…] Quando o dinheiro vier, e a pressão, e os críticos, permaneça livre. Brinque com a bola. […]”

Você pode conferir a carta na íntegra no site “The Player’s Tribune”.

[Créditos da foto: Reprodução / Facebook oficial do Ronaldinho Gaúcho]