Djokovic derrota nº1 Murray e conquista título do ATP de Doha

Doha
Foto: ATP

Na primeira final entre os dois tenistas em 2017, melhor para o sérvio Novak Djokovic, em uma batalha de três sets na final de Doha, no Qatar.

LEIA MAIS
TRISTE PELA DERROTA? QUE NADA! ARGENTINO PERDE, MAS GANHA SELFIE COM DJOKOVIC

Termina 2016 e começa 2017. No tênis nada mudou. No primeiro torneio disputado por Andy Murray e Novak Djokovic na temporada, mais uma final entre os dois melhores do ranking da ATP. Dessa vez, o palco foi o ATP 250 de Doha, preparatório para o Australian Open, primeiro Grand Slam da temporada. Mais regular nos momentos decisivos e com um saque mais decisivo, Djokovic soube controlar o seu mental e conquistou o título por 2 sets a 1, virando um dos grandes favoritos ao título em Melbourne, buscando o hepta na Austrália a partir do dia 16 de janeiro.

Em um verdadeiro jogaço de 2h53, cheio trocas de bola do fundo da quadra e jogadas espetaculares, com direito a virada de Murray no segundo set, o sérvio demonstrou mais tranquilidade e conquistou o título no set decisivo, com parciais de 6/3, 5/7 e 6/4. Djoko poderia ter conquistado o título no segundo set, mas falhou na hora de sacar em 5 a 4 na parcial. No terceiro set, Djoko aproveitou a chance primeiro e quebrou o saque do britânico para conquistar mais um troféu. Foi o segundo título consecutivo do sérvio no torneio e o 67º de sua carreira.

A derrota quebrou a sequência de 28 vitórias consecutivas do britânico Andy Murray, que vinha desde o mês de setembro. Nesse período, Murray conquistou cinco títulos e assumiu a liderança do ranking pela primeira vez na carreira. O britânico se prepara agora para buscar o título inédito do Australian Open, torneio em que já foi vice cinco vezes.