Interporto tem vitória inédita na Copinha em jogo contra o Fluminense

Viviane Tavares/Torcedores.com

O Fluminense foi derrotado pelo Interporto, do Tocantins, por 2 a 1 na tarde desta sexta-feira (06), no estádio Prefeito José Liberatti, em Osasco, pela segunda partida da Copa São Paulo deste ano. A equipe carioca ficou em situação delicada no Grupo 27, deixando a classificação para a próxima rodada que acontecerá no domingo (08), contra o Grêmio Osasco.

Com um futebol fraco, o tricolor deixou os poucos torcedores presentes em Osasco bastante irritados com a apresentação. Com uma torcida maior, a equipe de Tocantins ganhou o apoio dos torcedores osasquenses após o belo gol de Weverton, depois de uma cobrança de falta quase do meio-campo aos nove minutos de jogo.

LEIA MAIS: ABEL BRAGA JÁ SABE COM QUANTOS JOGADORES ALMEJA TRABALHAR NO FLU EM 2017
FLUMINENSE: APROVA OU REPROVA? OPINE SOBRE AS CONTRATAÇÕES
5 CRAQUES QUE GANHARAM A COPA DO MUNDO, MAS NUNCA VENCERAM A COPINHA

O Flu pressionou, mandou uma bola na trave no final do primeiro tempo, mas o placar não foi alterado. No retorno da segunda etapa, o Interporto ampliou o placar com uma bola desviada em Patrick após cobrança de falta de Victor Matheus. Aos 30 minutos, Patrick se redimiu e diminuiu o placar ao marcar de pênalti.

Apesar do desempenho abaixo do esperado, alguns jogadores do Flu trazem esperança para alguns torcedores como o Sr. Alairton Sena, que aos 69 anos já viu muitos jogos do Fluminense e acredita que dá pra garimpar garotos para a equipe principal. “Tem uns cinco ou seis que dá pra aproveitar da base. O Kadu, o goleiro (Léo Lang) apesar de ter levado um frango hoje, o Paulinho… Dá pra usar os meninos no futuro.” Disse o sorridente torcedor.

Seu Alairton estava na presença do neto Gustavo, que aos onze anos já sabe que quer ser goleiro. Com personalidade o garoto diz não se inspirar em ninguém e não considera Diego Cavalieri um goleiro a altura do Fluminense.

Para tristeza do avô e do neto, o clube das Laranjeiras não alcançou o empate após pressão nos minutos finais. Agora, o Flu precisa vencer o Grêmio Osasco e torcer por um tropeço do Interporto contra o Real Noroeste, para não depender dos critérios de desempate para se classificar.