Após 16 anos, Bernardinho não é mais técnico da seleção brasileira de vôlei

Após 16 anos, Bernardinho não é mais técnico da seleção brasileira de vôlei
Divulgação/CBV

Após quase 16 anos, Bernardinho está fora do comando da seleção brasileira de vôlei masculino. Em coletiva marcada pela Confederação Brasileira de Vôlei, a entidade confirmou a saída do treinador bicampeão olímpico pelo Brasil em 2004 e 2016.

O anuncio oficial foi feito em entrevista coletiva marcada para às 16h dessa quarta-feira, dia 11, mas já nas redes sociais, a CBV anunciava a saída do vitorioso treinador. “A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) convida os jornalistas para a coletiva de imprensa onde será anunciado o nome do treinador da seleção masculina para este próximo ciclo olímpico”.

LEIA MAIS:
SAIBA COMO ACOMPANHAR NA TV A ESTREIA DO BRASIL NO MUNDIAL DE HANDEBOL

O diretor de seleções Radamés Lattari justificou a ausência de Bernardinho na coletiva de imprensa, mas ressaltou a vontade do treinador de se afastar do cargo desde o final do ciclo olímpico da Rio-2016.

“Infelizmente as certezas que a gente estava aguardando só passaram a acontecer de ontem à noite para hoje. O presidente Toroca convidou antes mesmo dos Jogos tanto Zé Roberto quanto Bernardinho para continuar. Zé confirmou que gostaria de continuar. Bernardinho pediu um tempo maior. Ele tinha uma enorme dificuldade de definir sua situação até que entre Natal e Ano novo começou a decidir.”

O treinador se afasta do comando do Brasil com quatro finais olímpicas e quatro medalhas, sendo duas elas de ouro (2004 e 2016) e duas de prata (2008 e 2012). Além disso, Bernardinho acumula outras finais em mundiais com três conquistas e outros oito títulos sul-americanos.

Ainda segundo Lattari, Bernardinho deve continuar envolvido com o vôlei brasileiro. Na CBV desde 1994 comandando também a seleção feminina, Radamés afirmou que Bernardinho deve assumir algum cargo na coordenação dentro da CBV.



Jornalista formado pela USCS, apaixonado por esportes, cultura e comunicação. Ex-atleta em atividade, pensa que sabe algo sobre futebol, handebol e esportes americanos.