“Não temos que carregar este peso nas horas de decisões”, diz Maicon sobre pressão

FOTO: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação

O Grêmio vive uma grande pressão por títulos. O clube já perdeu duas competições este ano. Na próxima quinta-feira, o time gaúcho vai jogar a vida na Libertadores, o jogo será na Argentina contra o Rosário Central e a equipe precisa ganhar de pelo menos 2 a 0. O meia Maicon diz tentar absolver a pressão.

“Eu falei que a gente não pode carregar o peso, temos que levar como uma motivação, ganhando um campeonato entramos para a história do clube. Não no sentido de que a culpa não é nossa. Desde que entramos aqui, carregamos a história. De títulos e do jejum. Ganhando uma Libertadores, um Brasileiro, uma Sul-Americana, entramos para a história. Não temos que carregar este peso nas horas de decisões. Já tem toda a pressão e acaba tendo mais. Não fugindo, sabemos a grandeza e o torcedor quer título. Nós também. Vamos correr atrás do placar. Nada diz que não temos condições de ganhar”, disse Maicon ao globoesporte.com.

“Entendemos essa pressão que vem de fora, o desejo por vencer, e temos o mesmo desejo. Não é diferente do torcedor. Vamos buscar sempre ser campeão dentro das competições que temos”, afirmou Ramiro ao globoesporte.com.

Com isso, os jogadores do Grêmio estão tratando essa decisão na Libertadores, como um jogo épico, para fazer história no clube e espantar a pressão.