Destemido, Mancuello já tem definida primeira meta no Flamengo; confira

Gilvan de Souza/Flamengo

Em sua apresentação oficial no Flamengo, o meia Mancuello não se mostrou nem um pouco assustado com a responsabilidade de defender o time com a maior torcida do Brasil. Acostumado com pressão desde os tempos de Independiente, o argentino quer colocar seu nome na história do clube carioca, e já tem definido seu primeiro objetivo no novo clube.

LEIA TAMBÉM:
Provocou! Saiba a razão por Mancuello ter escolhido camisa 23 do Flamengo
Mercado da bola: confira as NEGOCIAÇÕES do Flamengo para temporada 2016
Flamengo: datas e locais dos primeiros jogos do time em 2016

Em 2015, Mancuello começou muito bem a temporada e foi convocado pela primeira vez para a seleção argentina, comandada por Tata Martino. No segundo semestre, porém, sofreu uma lesão no tendão do pé direito que demorou a ser diagnosticada pelos médicos do clube de Avellaneda. Ao todo foram dois meses sem entrar em campo pelo Independiente. Por isso, em sua chegada ao Rio, o jogador de 26 anos quer estar 100% apto para entrar em campo e ajudar os rubro-negros.

“Não fiquei assustado. Jogava em um time que tem sete títulos da (Copa) Libertadores. Não me assustam desafios grandes. Tenho falado com os preparadores e eles me disseram que na próxima semana eu já estarei no campo. É o que estou esperando”, começou o meia.

“(2015) Foi um ano muito lindo no início e mais ou menos depois. Joguei na Seleção e na metade para o fim do ano sofri uma lesão que não conseguimos resolver. A medicina não encontrava solução, fiquei um tempo fora, até que encontramos o problema. Ao chegar aqui, eu mesmo disse isso aos médicos e começamos a estudar, fortalecer, e hoje não sinto mais nada”, completou.

O meia já confirmou que irá usar a camisa 23 no Flamengo, fazendo alusão ao número que começou jogando no Independiente. Mancu também explicou que “23 também representa a diferença de clássicos entre Independiente e Racing. Saí de lá com 23 vitórias a mais, então é uma memória boa que guardo”, brincou o ex-jogador dos Rojos.

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: @fontes_matheus.
Facebook: Matheus Martins Fontes.

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.