Robinho afirma que quer encerrar carreira no Santos

Divulgação/Santos FC

Segurar o atacante Robinho na Vila Belmiro virou prioridade no Santos. Emprestado pelo Milan até o dia 30 de junho, o camisa 7 será o motivo da viagem que o presidente Modesto Roma Júnior fará à Itália na próxima segunda-feira (11). Se depender de Robinho, ele fica até o fim da carreira no Peixe. Ele tem 31 anos.

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Cruzeiro confirma interesse em abrir negociação

“Tudo depende da diretoria, que agora vai colocar as coisas em dia. A minha vontade é de ficar, mas eu sou um profissional. Espero ficar no Santos até o final da minha carreira”, disse Robinho durante a festa de premiação do Campeonato Paulista. “Espero que eu possa continuar no clube, essa sempre foi a minha vontade e sempre fui muito sincero em relação a isso. Estou esperançoso em ficar no Santos não só por um ano, mas para fazer um contrato mais longo, ter mais tranquilidade e permanecer por mais tempo”, completou Robinho.

A diretoria santista enfrenta não apenas a concorrência de Cruzeiro e Flamengo. Falta dinheiro para manter Robinho. O atacante é um dos “credores” de diretos de imagem. Mesmo resolvendo a pendência, falta ao Peixe convencer o Milan a ceder Robinho – ou, ao menos, prorrogar o empréstimo.

Uma das possibilidades é oferecer aos italianos o atacante Gabriel. O presidente Modesto Roma Júnior admitiu que essa é uma hipótese: “É uma possibilidade? Claro que é, mas isso não depende só da gente, tem o atleta, o empresário do atleta, uma série de fatores”, disse o mandatário ao jornal “Lance!”.

Roma Júnior está otimista com a possibilidade de manter Robinho: “Ele tem amor à camisa. Ele é um profissional e precisa ser remunerado. Os acordos têm de ser cumpridos. A nossa parte é trabalhar para cumprir os acordos com ele. E isso nós vamos fazer”, concluiu.

Crédito da foto: Divulgação/Santos FC



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.