Felipão se irrita com boatos sobre sua possível saída do Grêmio

crédito foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Momentos após a perda do título do Campeonato Gaúcho para o Inter, no Beira-Rio, Felipão, técnico do Grêmio, concedeu entrevista coletiva e não reagiu bem aos questionamentos de alguns jornalistas sobre especulações em torno de sua saída do clube.

LEIA MAIS:
Internacional supera o Grêmio e conquista o pentacampeonato gaúcho

“Pelo amor de Deus. Vocês têm que cuidar quem escreve. São pessoas interessadas na minha saída do Grêmio. Sempre surge uma coisinha. Eu já disse e volto a dizer: não tenho Facebook, não tenho Twitter, tudo que tiver no meu nome é falso. Mais uma vez: é falso. Eu não me dirijo sem ser através do Acaz (Fellegger, assessor de imprensa) e de mim próprio nas entrevistas. Vocês me ouviram dizer que sairia? Nunca. São fofocas ou pessoas interessadas em plantar uma situação ruim”, disse.

Nas últimas semanas, a imprensa noticiou que clubes da China, Catar e Estados Unidos tinham feito propostas ao pentacampeão mundial pela seleção brasileira.

Felipão falou da intenção em cumprir o seu contrato com o Tricolor até o final de 2016 e em ver toda a família por perto em Porto Alegre em breve.

“Se eu quisesse ganhar mais dinheiro, eu sairia, mas não é isso. Eu vim para ficar dois anos e meio porque era uma opção da minha vida. Quem sabe daqui a uns meses eu tenha toda a minha família aqui? Vou estar em casa, no meu clube”, afirmou.

Engana-se quem pensa que Felipão desviou o foco da derrota gremista para a arbitragem. O comandante viu justiça no placar e fez questão de parabenizar o rival por mais uma conquista.

“Em primeiro lugar, parabenizo o Inter pelo título. O Inter venceu dentro de campo, não temos o que contestar. O torcedor do Grêmio deve entender e se portar. É hora de valorizarmos o adversário do que ficar brigando. O Brasil não precisa disso”, completou.

O Grêmio chegará ao sexto ano seguido sem qualquer conquista no Estadual. O último triunfo ocorreu na edição de 2010.

crédito foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)