Dudu pode ficar até três meses fora dos gramados por agressão a árbitro

Chapéus
Cesar Greco/Ag.Palmeiras

O Paulistão acabou no último domingo (03), quando o Santos consagrou-se campeão e o Palmeiras contentou-se com o vice-campeonato. No entanto, as possíveis consequências sobre as polêmicas ocorridas na decisão começaram a aparecer.

LEIA MAIS
5 motivos para o torcedor manter a fé no Palmeiras após o Paulistão
Programa de sócio-torcedor do Palmeiras sofre alterações nos valores

No lance em que originou a expulsão do jogador Dudu, do Palmeiras, e Geuvânio, do Santos, todos os torcedores assistiram a cena lamentável em que palmeirense perdeu a cabeça e partiu para cima do árbitro. Incontrolável, o jogador agrediu e ofendeu verbalmente o árbitro.

O juiz da partida, Guilherme Cereta de Lima, não poupou o atleta e relatou os seguintes fatos na súmula, em relação a agressão: “…ele partiu em minha direção e desferiu um golpe de forma intencional com seu antebraço, atingindo minhas costas”. Em relação às ofensas: “…Você é um safado, sem vergonha, veio aqui roubar a gente, seu filho da p…, mau caráter, ladrão.”

Diante desses fatos o atleta pode ser enquadrado em vários artigos do Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Paulista de Futebol.

Assim sendo, caso seja suspenso por quantidade de jogos, sua pena só valeria no Paulistão de 2016, podendo pegar de 4 a 6 partidas, porém, se sua suspensão for em dias, o jogador pode pegar de 30 a 90 dias, causando desfalque na equipe palmeirense, para o Brasileirão e a Copa do Brasil.

O Tribunal ainda não recebeu a denúncia e segue indefinida a situação do atleta. O jogador Dudu e o Palmeiras também não se pronunciaram sobre o ocorrido e aguardam a manifestação do Tribunal para comentar o caso. A denúncia pode ser feita por qualquer time participante do Paulistão 2015, jogadores, auxiliares e o próprio árbitro da partida.

Vale lembrar que o Tribunal de Justiça Desportiva, tem sido bem rígido em casos desse tipo, visto o caso Petros do Corinthians no ano passado.

No próximo Sábado (09), o Palmeiras enfrenta o campeão estadual Atlético Mineiro, no Allianz Parque as 18h30 (horário de Brasília), na estreia da equipe pelo Brasileirão.

Crédito da foto: Divulgação/Palmeiras



Olá, Sou James Hulem, tenho 24 anos, sou formado em Gestão Comercial e universitário de Jornalismo pela Universidade Paulista. Apaixonado por futebol e esportes no geral, São Paulino de berço e torcedor da seleção Alemã de família, também não poderia esquecer e não menos importante fã incondicional de MMA e Ronda Rousey,