Convocado, Diego Tardelli é apenas coadjuvante no futebol chinês

Tardelli

O técnico da seleção Brasileira, Dunga, anunciou nesta terça-feira a convocação oficial para a disputa da Copa América, no Chile, em junho. Sem muitas opções para camisa 9, o treinador confirmou a presença de Diego Tardelli na competição. O fato não gerou surpresa, mas em 2015, o ex-atleticano está em baixa no futebol chinês.

LEIA MAIS:
Veja a lista de convocados da seleção para a Copa América

Contratado em janeiro pelo Shandong Luneng, Tardelli ainda não balançou as redes pelo clube em oito jogos disputados, e assiste do campo seu companheiro de equipe, Aloísio “Boi-Bandido” brilhando na artilharia do Campeonato chinês, com sete gols.

Outro que vive uma fase bem melhor que a de Diego Tardelli é Ricardo Goulart, rivais nos tempos de Atlético-MG x Cruzeiro, os jogadores levaram a rivalidade para a China, onde Goulart já conquistou o posto de artilheiro do Guangzhou Evergrande. Em 15 jogos são 11 gols – seis na Liga dos Campeões da Ásia e cinco na liga chinesa.

Após a convocação, Dunga explicou a escolha por Tardelli. “ Tardelli já teve com a gente na seleção, ele está retornando depois de uma lesão. Já falei que esses jogadores que jogam num mercado não tão habitual vão ter uma cobrança maior. É muito questionado se esses mercados são competitivos, então esses jogadores vão ser cobrados e têm que fazer uma coisa a mais na seleção, para mostrar que eles podem jogar também”, disse.

Diego Tardelli é o primeiro jogador que atua no futebol chinês a ser convocado para defender a seleção brasileira.

Foto: Reprodução/Twitter