Neymar pai diz que Real Madrid ofereceu 150 milhões de euros pelo craque

Neymar

Nesta quarta-feira o pai do craque Neymar, afirmou ao juiz Pablo Ruz da Audiência Nacional, que o Real Madrid, maior rival do Barcelona, ofereceu 150 milhões de euros (R$ 460 milhões) ao Santos para tentar contratar o jogador, que acabou preferindo o clube culé devido ao projeto apresentado.

LEIA MAIS
Daniel Alves é o atleta que mais deu assistências para os 401 gols de Messi
Totti se torna o mais velho a marcar na Champions com estilo; assista
Neymar e Talisca dão show no final de semana dos brasileiros na Europa

Em mais de duas horas de depoimento, o pai do brasileiro falou sobre as questões financeiras quem envolveram a negociação. Fontes presentes no depoimento disseram a Agência Efe que ele explicou o contrato de 2 milhões de euros para ser o olheiro do clube no Brasil, exigindo ainda a preferência na contratação de jogadores do Santos e sobre o acordo de 4 milhões de euros com a empresa N & N, que é da família do jogador.

Durante o depoimento, Neymar da Silva ainda negou que tenha instalado um escritório na cidade de Barcelona e admitiu que houve a antecipação de uma quantia para a contratação do atacante.

Néstor Almela, diretor financeiro do Barcelona e Sandro Rossel, ex-presidente culé que deixou o cargo após as acusações sobre o caso, estão sendo investigados e também serão interrogados.

O clube catalão havia informando inicialmente que o valor pago pelo jogador era de 57 milhões de euros (R$ 176 milhões) e depois admitiu que o camisa 11 custou 86,2 milhões de euros (R$ 266 milhões).

Foto: Getty Images