Luta de Anderson no UFC está assegurada mesmo com problemas de rival na Justiça

Anderson Silva e Nick Diaz têm o retorno ao UFC agendado para 31 de janeiro. Os dois fazem o evento principal do UFC 183, em Las Vegas. Mas a luta chegou a estar ameaçada por conta da recente prisão do norte-americano. Diaz foi detido no estado americano da Califórnia por dirigir embrigado. Foi só mais um caso na extensa lista de confusões do lutador. Contudo, a situação não preocupa o UFC.

“Iremos descobrir o melhor quando ele se apresentar à Corte. Não acredito que o problema dele com a Justiça o impeça de lutar. Nunca vi uma situação em que a Comissão não concedesse a licença para algum lutador que tenha sido pego dirigindo sob influência”, afirmou, em entrevista à ESPN dos Estados Unidos, o dono do UFC, Lorenzo Fertitta.

Como pagou a fiança, Diaz foi libertado e aguarda agora a data do julgamento.



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.