Corinthians é denunciado pelo STJD e pode perder 20 mandos de campo

A briga entre torcedores do Corinthians no último domingo (21), em partida valida pela 23ª rodada do Brasileirão, pode ocasionar ao clube de Parque São Jorge uma perda de 20 mandos de campo. O clube foi denunciado nesta quarta-feira (24) pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

No segundo tempo do clássico contra o São Paulo, integrantes da Camisa 12 e da Pavilhão 9 entraram em confronto, onde policiais tiveram que intervir na confusão. Outra denuncia em que o Corinthians foi citado é por causa de um isqueiro atirado em campo. O árbitro Luis Flávio de Oliveira relatou na súmula as infrações do clube com a seguintes palavras:

“Informo que aos 11 minutos do segundo tempo houve uma briga na torcida do Corinthians, no setor onde se encontravam as torcidas organizadas. A confusão foi contida pela polícia militar. Aos 20 minutos foi atirado no campo de jogo um isqueiro vindo do setor onde se encontravam as torcidas organizadas do Corinthians. O objeto foi retirado pelo jogador número 4, Sr. Antonio Carlos dos Santos Aguiar, do São Paulo, e entregue ao árbitro assistente adicional 2, Vinicius Furlan”. 

Os jogadores que foram expulsos da partida, Álvaro Pereira e Fábio Santos, também foram denunciados pela entidade e poderão ser punidos com seis partidas de suspensão. O volante Souza que disparou contra a arbitragem depois da partida, também foi pego e poderá ficar seis jogos sem atuar, mais uma multa de R$ 100 mil.

Os gritos de homofobia que partiram de ambas torcidas está sendo investigada. Os procuradores estão analisando se os insultos foram em tom preconceituoso ou apenas provocações.

Foto: Getty Images



Jornalista. Como todo torcedor também gosto de dar meus pitacos. Fã da seleção italiana, do Milan e do Arsenal.