Brasil sofre, mas bate a Turquia de virada por 3 a 2

Brasil

Neste sábado as meninas do vôlei brasileiro entraram em quadra contra a Turquia no ginásio do Palatrieste, em Trieste, em partida válida pela quarta rodada da primeira fase do mundial. E depois de sair perdendo, o Brasil conseguiu a virada sobre as turcas.

Leia mais:
Top 10: melhores jogadores de vôlei do Brasil
Confira as melhores participações do Brasil no Mundial de vôlei feminino
Opinião: Torcida da Polônia no vôlei dá uma lição ao Brasil do futebol
Top 5: momentos do Giba, o maior da história no vôlei

Com Ozsoy e Sonsirma inspiradas e jogadas de bolas altas pela ponta, a Turquia abriu oito pontos logo no primeiro set. A levantadora Naz também foi o destaque no inicio da partida e o primeiro set terminou em 17-25.

O técnico Zé Roberto começou a fazer alguns teste na seleção durante a partida, e conseguiu achar a formação ideal quando trocou Fernanda Garay pela jovem Gabi. Apesar do equilíbrio, as turcas conseguiram fechar mais um set sobre o Brasil com mais um show de Naz.

Sob o clima de “já ganhou”, a seleção da Turquia deixou as meninas do brasil ganharem confiança e, definitivamente se encontrarem na partida com uma excelente participação de Fabiana e Dani Lins. Começava então a reação brasileira.

No quarto set, os ataques de Sheila e os bloqueios de Fabiana garantiram mais set a favor do Brasil com 25-21. Já no tie-brak o nervosismo tomou conta das duas equipes que erravam lances simples de ataque, recepção e bloqueio. Foi quando Zé Roberto resolveu mexer mais uma vez na equipe, colocando Fabiana e Tandara no bloqueio, Gabi e Jaqueline no ataque. Daí por diante, só deu Brasil na partida e as meninas selaram a vitória com um 15-10.

Com quatro vitórias e 100% de aproveitamento em Trieste, o Brasil lideram o Grupo B com 11 pontos. A definição do primeiro lugar da chave acontecerá neste domingo, no jogo entre Brasil e Sérvia às 15h (de Brasília).

Foto: Divulgação/FIVB