Adolescente cego que é campeão de luta olímpica vira estrela nos EUA

Nesta semana, um adolescente bem especial acabou se tornando estrela nos Estados Unidos depois de um vídeo na internet. Max Lamm, de 13 anos, é cego, mas isso não o impede de ser um dos melhores atletas jovens de luta olímpica da Pensilvânia.

O jovem perdeu a visão por causa de um câncer, o retinoblastoma, que a atingiu seus dois olhos. Mesmo sem conseguir enxergar, Lamm terminou a última temporada de luta olímpica com o incrível cartel de 10 vitórias e apenas 1 derrota contra atletas que tem a visão normal.

O adolescente vive na cidade de Mars e tem uma vida completamente independente, graças a seu cão guia, o Seal. Na luta, o jovem conta com a ajuda de amigos para praticar os exercícios físicos, mas quando entra em uma competição prova que não precisa de ninguém para ser campeão.

“Claro que às vezes fico triste de não enxergar, queria poder ver de volta. Mas não vou ficar sentado reclamando, com tanta coisa que consigo fazer”, afirmou o jovem que pretende buscar uma bolsa de estudos de atleta na faculdade.



Jornalista, formado na Metodista, com passagens pelo UOL, R7, Meia Hora e Diário do Grande ABC.