Jornal argentino se derrete por Messi; defesa vira preocupação

O principal jornal argentino de esportes, Diário Olé, se derreteu em elogios a Lionel Messi pela atuação decisiva na vitória da Argentina por 3 a 2 sobre a Nigéria. Mas a fraca atuação da defesa virou motivo de preocupação.

O Olé, durante o placar ao vivo da partida exposto no seu site oficial, chegou a chamar o principal nome da seleção argentina na Copa de “Messidona”, numa comparação do craque do Barcelona com o maior ídolo da história do futebol argentino, Diego Maradona. Ao final do jogo, o Olé estampou a seguinte chamada: “Nigenio”, em um trocadilho da genialidade de Messi no jogo contra a Nigéria.

Messi marcou dois gols na vitória contra a Nigéria e já tem quatro nesta Copa, sendo o artilheiro do Mundial ao lado do brasileiro Neymar.

Porém, o Diário Olé fez uma ressalva ao criticar o fraco desempenho do setor defensivo argentino na partida. “Com o 10, tudo é possível, mas como sofremos atrás…”.

A Argentina, ao lado da Colômbia, foi a única equipe da Copa que se classificou para as oitavas de final com 100% de aproveitamento. Os argentinos fecharam a primeira fase do grupo F com nove pontos, seguidos pela Nigéria com quatro pontos e a Bósnia com três. O Irã terminou em último com apenas um ponto conquistado em três jogos.



Jornalista de esportes desde 2005, com passagem pelo UOL e Terra. Editor de comunidades do Torcedores.com e blogueiro do renanprates.com