Copa tem invasão de ex-jogadores como comentaristas

Divulgação

Para ser um bom jogador de futebol é preciso ter intimidade com a bola, mas, para ser comentarista esportivo, até na Copa, nem sempre o conhecimento do microfone e até da língua portuguesa é exigido.

As emissoras de televisão adotaram esse princípio para encher seu quadro de profissionais com ex-jogadores de futebol, talvez apostando no fato puro e simples de que, se jogaram profissionalmente, saberão opinar com a mesma competência.

Alguns dos “profissionais” até se esforçam e conseguem destaque na nova atividade, como o ex-lateral são-paulino Belletti, discreto e eficiente no Sportv, ou Casagrande, velho conhecido das narrações da Globo, e que já mostrou ter conhecimento tático para analisar os jogos no papel de crítico.

DESTAQUE
Narrador da Fox é furtado em Natal

Outros ex-atletas, no entanto, apesar de falarem bonito, têm problemas com a língua. Caio Ribeiro, costumeiramente, diz que tal treinador “manteve o mesmo time” na volta para o segundo tempo.

Jornalistas profissionais têm cada vez menos espaço, principalmente no Mundial, mas ainda estão presentes. O Torcedores.com mostrará abaixo dez dos principais comentaristas desta Copa do Mundo.

CASAGRANDE: O global já é um velho conhecido do público e, apesar de não ter a dicção dos principais jornalistas do país, mostra, realmente, conhecimento de táticas, o que acaba conquistando o torcedor.

CAIO RIBEIRO: Apesar de tentar falar bonito, maltrata o português costumeiramente e, nos comentários em si, tem uma característica marcante: jamais fala mal de um jogador. Talvez ainda esteja muito ligado aos tempos em que corria atrás da bola…

ROGER FLORES: Uma das caras mais novas atrás dos microfones, o ex-meia do Fluminense e do Corinthians leva jeito e também mostra conhecimento do campo tático.

BELLETTI: Um dos melhores ex-jogadores com o microfone nas mãos. Não tem rabo preso, corneta quando é necessário e não fala demais, comentando somente quando é chamado.

LOCO ABREU: Atração da ESPN durante a Copa, já protagonizou cena hilária ao soltar um palavrão ao vivo após gol da seleção uruguaia.

NETO: Ídolo corintiano, ainda não conseguiu “tirar a camisa” apesar de estar há um bom tempo na Bandeirantes. De qualquer forma, é jornalista formado e procura, ao menos, consultar fontes antes de divulgar qualquer informação.

SORIN: O argentino é um entre os muitos gringos que também são atrações dos canais pagos brasileiros para a Copa. Mostra conhecimento pelo tempo em que jogou.

MATTHAUS: O alemão, ex-técnico do Atlético-PR, é um dos convidados do Sportv para tecer comentários durante o Mundial.

MAURO BETTING: Um dos maiores nomes do jornalismo esportivo nacional e faz parte da equipe da Fox Sports na cobertura do mundial. Nunca chutou uma bola profissionalmente, mas sabe, e muito, o que fala.

MAURÍCIO NORIEGA: Veterano de jornais e internet, é um dos destaques das transmissões do Sportv e um dos melhores do país, também sem jamais ter sido jogador profissional. Dá aula de tática a cada jogo.



Redação do Torcedores.com