Alemães especulam que Schummy pode ficar em coma irreversível

A imprensa europeia já admite a possibilidade de Michael Schumacher ficar em coma irreversível e estado vegetativo.

Os médicos do piloto não têm divulgado boletins médicos nos últimos dias. Diante disso, a imprensa alemã já especula há algum tempo sobre a situação do ex-piloto. Nenhuma informação publicada, porém, é oficial.

Em entrevista à revista Focus, alguns especialistas, que não participam diretamente do caso de Schumacher, disseram que esse tipo de caso pode sim levar ao coma permanente. O jornal britânico Daily Mail especulou que o silêncio da equipe dele pode ser para adiar o anúncio de uma notícia pior.

Porém, em entrevista para a Focus, Andreas Zieger, neurocirurgião da Clínica Universitária de Oldenburg (Alemanha), disse que o coma pode durar anos sem que haja danificação do cérebro.

O piloto foi submetido, no final de dezembro, à um procedimento para retirada de uma parte pequena de seu crânio, para aliviar a pressão intracraniana. Porém, desde então, Schumacher ainda não teria dado respostas positivas, segundo meios de comunicação europeus.

Schumi sofreu acidente em 29 de dezembro quando andava de esqui na estação de Meribel, na França. Ele perdeu o controle e bateu a cabeça em uma pedra. O alemão está em coma induzido há pelo menos 15 dias.